17/09/2021

5 lendas de Londrina

Londrinense só é londrinense quando conhece pelo menos uma lenda de Londrina! E olha que nossa cidade tem muitas.

Uma lenda que sempre corre pela “boca do povo” são as tais assombrações do Edifício Julio Fuganti, no centro. Algumas pessoas garantem que o prédio comercial pode ser bem sinistro de vez em quando. Acredita-se que as lendas venham do fato de ter sido o local em que muitas pessoas escolhiam para se suicidar – hoje em dia as janelas são todas fechadas com grades para evitar qualquer tentativa. 

Também tem a famosa lenda do lobisomem do Jardim Tókio. Os boatos começaram quando, no passado, foram encontrados animais mortos pela região. Hoje em dia já não se encontra ninguém dizendo que viu lobisomem por lá, mas todo mundo já ouviu falar desta história!

E ainda tem o caso inusitado da “Bela adormecida do Paraná”: Lecy Suzana Garcia, aos 17 anos, chegou em casa dizendo que estava cansada e dormiu. Só que dormiu por 3 anos. Vários médicos e religiosos tentaram acordar a menina, mas sem sucesso. A bela adormecida foi manchete em toda a região e até em outras partes do Brasil! Seu túmulo está até hoje no cemitério São Pedro e é sempre regado de velas, flores e objetos porque acredita-se que ela faz milagres. Estudiosos hoje em dia afirmam que se tratava de uma encefalite. 

Falando em milagre… A lenda do menino milagreiro (que morreu em um acidente de carro, aos 12 anos, uma semana antes da sua primeira comunhão) continua firme. O boato de que José Osvaldo faz milagres surgiu porque seu túmulo começou a jorrar água. Mesmo depois da família ter mandado “consertar” a água continuava escorrendo. Diziam que era uma “água benta”. Só quando mandaram vedar o túmulo é que a água deixou de escorrer. 

E aí você já conhecia alguma destas lendas? Acredita nelas? Conhece outras? Já viu coisas sinistras aqui em Londrina? Comente aqui e envie esta matéria para outro Londrinense.  

Categorias:

Imobiliária Atual

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe seu comentário: